SEFAZ SP – Consulta NFE Completa

Existem ocasiões que é necessário saber mais sobre a Nota Fiscal Eletrônica além das informações presentes no DANFE, com isto, nos servidores do SEFAZ SP é possível fazer a consulta da NFE completa.

Para os usuários que não receberam o documento auxiliar ou ainda necessita verificar outras informações, é preciso ter em mãos somente a Chave da Nota.

Como a NFE fica hospedada nos servidores da SEFAZ ela pode ser visualizada a qualquer momento, desde que tenha em mãos a Chave de Acesso da NF-e.

SEFAZ São Paulo

Consulta Completa

Para quem deseja ter as informações detalhadas da emissão da NF-e como cobrança, transporte, destinatário é possível ter acesso por meio do site da SEFAZ, além de também poder fazer o download do arquivo do documento (requer certificado digital):

Para consulta NFE da nota Fiscal Eletrônica pela SEFAZ SP acesse:

http://www.nfe.fazenda.gov.br/portal/consulta.aspx?tipoConsulta=completa&tipoConteudo=XbSeqxE8pl8=

Na página é possível fazer a consulta da NF-e Completa. Para isto o usuário deve inserir a Chave de Acesso da NF-e, e o código da imagem ao lado.

No entanto, existem algumas observações, pois para completar a chave de acesso é preciso informar número de 44 dígitos presentes no DANFE (Documento Auxiliar de Nota Fiscal Eletrônica). Além disso, o código impresso ao lado deve ser digitado corretamente, com os 6 caracteres da imagem.  Assim é possível evitar consultas por programas automáticos, que dificultam a utilização do aplicativo pelos demais contribuintes. Outra dica para fazer a consulta é preciso que seu navegador esteja habilitado para gravação de “cookies”.

consulta-nfe-completa-sefaz-sp

Sobre a Nota Fiscal Eletrônica (Via SEFAZ)

Com a emissão da NF-e é possível gerar um arquivo eletrônico contendo as informações fiscais da operação comercial, o qual deverá ser assinado digitalmente, de maneira a garantir a integridade dos dados e a autoria do emissor. Este arquivo eletrônico corresponderá à Nota Fiscal Eletrônica (NF-e), então será transmitido pela Internet para a Secretaria da Fazenda de jurisdição do contribuinte que fará uma pré-validação do arquivo e devolverá um protocolo de recebimento (Autorização de Uso), sem o qual não poderá haver o trânsito da mercadoria.

O DANFE não é uma nota fiscal, nem substitui uma nota fiscal, servindo apenas como instrumento auxiliar para consulta nacional da NF-e, pois contém a chave de acesso da NF-e, que permite ao detentor esse documento para confirmar a efetiva existência da NF-e, através do Ambiente Nacional (RFB) ou site da SEFAZ na Internet.

O contribuinte destinatário, não emissor de NF-e, poderá escriturar os dados contidos no DANFE para a escrituração da NF-e, sendo que sua validade ficará vinculada à efetiva existência da NF-e nos arquivos das administrações tributárias envolvidas no processo, comprovada através da emissão da Autorização de Uso. O contribuinte emitente da NF-e, realizará a escrituração a partir das NF-e emitidas e recebidas.

Objetivo da NF-e

O Projeto NF-e tem como objetivo a implantação de um modelo nacional de documento fiscal eletrônico que venha substituir a sistemática atual de emissão do documento fiscal em papel, com validade jurídica garantida pela assinatura digital do remetente, simplificando as obrigações acessórias dos contribuintes e permitindo, ao mesmo tempo, o acompanhamento em tempo real das operações comerciais pelo Fisco.

A implantação da NF-e constitui grande avanço para facilitar a vida do contribuinte e as atividades de fiscalização sobre operações e prestações tributadas pelo Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e pelo Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI). Num momento inicial, a NF-e será emitida apenas por grandes contribuintes e substituirá os modelos, em papel, tipo 1 e 1A.