Consulta Disponibilidade e Chave NFE

Para consulta disponibilidade e chave NFE o usuário pode fazer pela Internet. Para consultar a disponibilidade dos serviços é necessário acessar:

http://hom.nfe.fazenda.gov.br/portal/disponibilidade.aspx?versao=0.00&tipoConteudo=Skeuqr8PQBY

Na página é possível ter uma visão geral da Disponibilidade dos Serviços e cada região. A página utiliza siglas para melhor compreensão como:

Chave NFE Nota Fiscal Eletrônica

Siglas Utilizadas para Disponibilidade (via Portal da NF-e)

SVANSefaz Virtual Ambiente Nacional

SVRS – Sefaz Virtual Rio Grande do Sul

SCAN – Sistema de Contingência Ambiente Nacional

UF que utilizam a SVAN – Sefaz Virtual do Ambiente Nacional: MA, PA, PI

UF que utilizam a SVRS – Sefaz Virtual do RS:

  • Para serviço de Consulta Cadastro: AC, RN, PB, SC
  • Para demais serviços relacionados com o sistema da NF-e: AC, AL, AP, DF, PB, RJ, RN, RO, RR, SC, SE, TO

Autorizadores em contingência:

  • UF que utilizam a SVC-AN – Sefaz Virtual de Contingência Ambiente Nacional: AC, AL, AP, DF, ES, MG, PB, RJ, RN, RO, RR, RS, SC, SE, SP, TO
  • UF que utilizam a SVC-RS – Sefaz Virtual de Contingência Rio Grande do Sul: AM, BA, CE, GO, MA, MS, MT, PA, PE, PI, PR

Verificados através de conexões via Internet, as consultas aos serviços são feitas em intervalos regulares, variando com a estabilidade da rede e disponibilidade dos serviços.

Já as legendas representam a disponibilidade, por isto:

  • Vermelho: quando há respostas negativas seguidas para uma consulta (falta Serviço ou falha de conexão). Ocorre após o Amarelo. Havendo uma resposta positiva a qualquer momento, o estado Verde é retomado.
  • Amarelo: a consulta retornou a primeira resposta negativa (falta Serviço ou falha de conexão). Ocorre após o Verde, permanecendo por até 10 minutos. Nesse estágio, uma resposta positiva à consulta retorna o estado para Verde. As respostas negativas, ao final do tempo, evoluem o estado para Vermelho.
  • Verde: a consulta retornou resposta positiva. Ocorre após qualquer estágio.

Chave NFE

Para ter acesso a chave NFE basta o usuário verificar o XML, pois a  chave de acesso está dentro dele. No entanto, caso não tenha os dados da NF-e é possível montar novamente a chave de acesso.

Para isto basta verificar as informações necessárias que estão disponíveis na página 71 do Manual de Integração do Contribuinte. São elas:

  • cUF – Código da UF do emitente do Documento Fiscal;
  • AAMM – Ano e Mês de emissão da NF-e;
  • CNPJ – CNPJ do emitente;
  • mod – Modelo do Documento Fiscal;
  • serie – Série do Documento Fiscal;
  • nNF – Número do Documento Fiscal;
  • cNF – Código Numérico que compõe a Chave de Acesso;
  • cDV – Dígito Verificador da Chave de Acesso;

Só é preciso ver qual o código (cNF) que o seu sistema gera para as NFs. O dígito verificador pode calcular para você.

Para quem possui mais dúvidas acesse o manual:

http://www.nfe.fazenda.gov.br/portal/listaConteudo.aspx?tipoConteudo=33ol5hhSYZk

DANFE

consulta-chave-nfe-danfeO DANFE (Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica) é uma representação simplificada da NF-e. Neste documento existe a chave numérica com 44 posições para consulta das informações da Nota Fiscal Eletrônica (Chave de Acesso).

Através dele é possível acompanhar a mercadoria em trânsito, fornecendo informações básicas sobre a operação em curso, além de auxiliar na escrituração das operações documentadas por NF-e, no caso do destinatário não ser contribuinte credenciado a emitir NF-e e substituir as notas fiscais modelo 1/1A nas situações em que era exigida como no caso de compensação de crédito.

Para quem deseja fazer a consulta da NF-e completa e possui a chave basta acessar:

http://www.nfe.fazenda.gov.br/portal/consulta.aspx?tipoConsulta=completa&tipoConteudo=XbSeqxE8pl8=